As quatro décadas de atuação em defesa do setor florestal serão comemoradas em grande estilo pelos associados à ACR.
O encontro, marcado para o dia 20 de agosto, às 19 horas, será na Pousada Rural do Sesc, em Lages. São esperadas as presenças do governador do Estado, Raimundo Colombo, do presidente da FIESC, Glauco José Corte, além de outras importantes lideranças políticas e empresariais de Santa Catarina, associados e convidados. Todos serão recepcionados pelo atual presidente da Associação Catarinense de Empresas Florestais, José Valmir Calori e membros da diretoria.

O setor em números
Fundada em 1975 a ACR tem sede em Lages e hoje congrega 33 das maiores e mais importantes empresas do segmento de base florestal de Santa Catarina.
Santa Catarina destaca-se pela produção de toras, que são utilizadas nos setores de papel e celulose, móveis, chapas de madeira reconstituída (MDF, MDP, BP e outras), madeira serrada e biomassa. A média anual da produção catarinense está em cerca de 29 milhões de metros cúbicos de toras, que representam 13% da produção nacional.
O setor de base florestal catarinense representa 33% da balança comercial e 40% do volume de produtos exportados pelo estado. É o 4º maior gerador de divisas (R$ 1,63 bilhão), ocupa a 2º posição no PIB de Santa Catarina e gera em torno de 90 mil empregos.
As empresas associadas à ACR são responsáveis por mais de 300 mil hectares de florestas plantadas e por aproximadamente 450 mil hectares de área protegida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.