O diretor da associada Klabin, José Totti, e o diretor executivo da ACR, Mauro Murara Jr, estiveram esta semana em Brasília para acompanhar a tramites do setor florestal dentro do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).
Os dois participaram de reunião da Câmara Setorial de Florestas Plantadas, que teve a posse do novo presidente, o Sr. Walter Vieira Rezende. O representante da Klabin entregou para o novo presidente da Câmara, o recém lançado Anuário Estatístico de Base Florestal para o estado de Santa Catarina.
Na reunião também dois temas de interesse das empresas de base florestal do Brasil e propostos pela ACR, foram tratados. O primeiro diz respeito às dificuldades na importação de material genético que, mesmo tendo o aval da Embrapa Florestas, tem o tramite burocrático muito lento dentro do MAPA. Existem pedidos de importação de material parados há mais de quatro anos.
O segundo assunto, também proposto pela ACR, foi o questionamento da TCFA/IBAMA (Taxa de Controle e Fiscalização Ambiental), que teve reajuste superior a 153%. Desde o início do ano passado o setor de base florestal está vinculado ao MAPA, porém a taxa está alocada para o Ministério do Meio Ambiente. O pleito da ACR é para a isenção da taxa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.