O diretor executivo da Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR), Mauro Murara Jr, participou de reunião do Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural (CEDE Rural) na sede Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca, em Florianópolis. O encontro foi na semana passada e a pauta tratou de temas do interesse do setor florestal.

De acordo com Murara Jr. o CEDE Rural está auxiliando nos trâmites em relação ao combate à Vespa da Madeira, considerada uma praga quarentenária. Os silvicultores defendem que apesar de se tratar de um inseto exótico, já está disseminado por todo o Brasil há muito tempo e por isso é uma praga presente. “Essa reclassificação vai amenizar as barreiras fitossanitárias na comercialização de madeira com outros estados e também na exportação para alguns países”, explica o diretor da ACR.

Presente na reunião, o secretário de Agricultura e Pesca, Moacir Sopelsa, recebeu do diretor executivo da ACR um Anuário Estatístico de Base Florestal 2016. Murara Jr. também fez uma breve apresentação do conteúdo do anuário aos participantes do CEDE Rural.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.