A Low Carbon Business Action in Brazil (LCBA) é uma iniciativa para aproximar pequenas e médias empresas do Brasil dos Estados membros da União Européia (UE), a partir de uma série de encontros de matchmaking empresarial. As rodadas de negócios fomentam o intercaÌ‚mbio de experieÌ‚ncias inovadoras, apoiando empresas em sua transição aÌ€s tecnologias e processos de baixa emissão de carbono. A ação contribui com a redução das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE) no Brasil, por meio da promoção de Acordos de Cooperação e Parcerias. Os acordos também geram maior competitividade e sustentabilidade ambiental para as empresas participantes.

Em um destes encontros, o diretor executivo da Associação Catarinense de Empresas Florestais, Eng Florestal Mauro Murara Jr., teve contato com a empresa francesa; Aria Technologies, especializada em sistemas de informação e monitoramento por satélite.

A aproximação gerou frutos e atualmente a Aria Technologies está trazendo para o Brasil uma solução que já foi implementada em muitos países da Europa, especialmente em Portugal e na Espanha. O projeto piloto será feito em Santa Catarina, juntamente com membros da Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR). O objetivo é reduzir os incêndios florestais e consequentemente o impacto nas emissões de Gases do Efeito Estufa.

Meteorologista e gerente de projetos da ARIA Technologies do Brasil, Samya de Lara Pinheiro explica que o sistema ARIA FIRESC integra dois módulos de previsão: Risco e Propagação. Ela lembra que foi graças aos encontros, promovidos pela Low Carbon Brazil que surgiu o contato com Associação Catarinense de Empresas Florestais. “Uma coisa curiosa é que quando pensamos em apresentar soluções para a região de Santa Catarina, a questão do combate aos incêndios florestais não foi nossa primeira escolha, e graças a essa aproximação foi possível colocar essa questão como protagonista em nossa agenda”, afirma ela.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.