Representantes do setor florestal, de diversas partes do país, estiveram na última quinta-feira (27), em Brasília (DF), para uma série de compromissos relacionados à silvicultura. O diretor executivo da ACR, Mauro Murara Jr, participou de uma reunião com associadas da Ibá (Industria Brasileira de Árvores), que representa nacionalmente o setor. “Neste encontro tratamos de projetos de lei, ações estratégicas do setor e temas relevantes para todos os estados”, conta o diretor executivo.

Em outro compromisso, no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), aconteceu a reunião da Câmara Setorial de Florestas Plantadas. Representantes da Secretaria de Relações Internacionais do Mapa deram um panorama sobre investimentos estrangeiros no Brasil. “Apresentaram os potenciais investimentos e projetos que estão sendo buscados. Defendemos que um grande entrave para o setor florestal é a limitação de aquisição de áreas por estrangeiros”, afirmou Murara Jr.

Na mesma reunião foram apresentados números de uma consulta pública, que está em fase de conclusão, sobre o Plano Nacional de Florestas Plantadas. O diretor executivo da ACR explica que a Câmara Setorial terá uma nova reunião, para a validação dos resultados da pesquisa, que está sendo realizada por engenheiros florestais, com apoio de universidades.

Outros assuntos da reunião da Câmara Setorial de Florestas Plantadas foram: Sistema Nacional de Controle de Origem dos Produtos Florestais – SINAFLOR; financiamentos para a silvicultura através do Plano Safra 2019/2020; FENAGRO (Feira Internacional da Agropecuária), que será em Salvador (BA), entre 25 de novembro a 3 de dezembro; e o Congresso Mundial da União Internacional das Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO).

IUFRO

O XXV Congresso Mundial da União Internacional das Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO) será o maior evento de pesquisa florestal do planeta. Está marcado para acontecer entre os dias 29 de setembro e 5 de outubro do ano que vem, em Curitiba (PR). A expectativa é que a cidade receba maios de três mil pesquisadores, professores, estudantes e profissionais ligados ao setor florestal de todo o mundo. “Trata-se de um congresso super importante, focado em pesquisa científica para o setor de florestas plantadas”, explica Murara Jr.

Com o título “Pesquisa Florestal e Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável”, o Congresso vai tratar de cinco temas estratégicos: “Florestas para as Pessoas”; “Florestas e Mudanças Climáticas”; “Florestas e Produtos Florestais para um Futuro Mais Verde”; “Biodiversidade, Serviços Ambientais e Invasões Biológicas”; e “Florestas, Interação com o Solo e Água”.

A organização está sob responsabilidade do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e da Embrapa. A União Internacional das Organizações de Pesquisa Florestal (IUFRO) reúne cerca de 15 mil pesquisadores, ligados a 700 organizações de mais de 110 países.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.