A Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal (Apre) reuniu associados e profissionais da indústria paranaense e de outros estados para fazer o lançamento do Estudo Setorial Apre (2017/2018). O encontro aconteceu nesta quarta-feira (21), na sede da Federação das Industrias do Estado do Paraná (FIEP).
O presidente da Apre, Álvaro Scheffer Junior, conta que o lançamento do material coincide com o ano de aniversário de 50 anos da instituição. “Apresentamos o trabalho mais completo já feito a respeito do setor de florestas no estado do Paraná”, disse o presidente durante a cerimônia. “O setor florestal é um dos únicos que vem mantendo os postos de trabalho durante a crise econômica pela qual o país atravessa. Outro ponto que merece destaque é o tamanho das áreas naturais que nosso setor preserva. Atualmente são 750 mil hectares de áreas de florestas nativas dentro do estado do Paraná, protegidas pelo setor de florestas plantadas. As empresas associadas à Apre correspondem a mais de 50% deste total”, explicou Scheffer Junior.

ACR presente
A Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR), lançou um material semelhante em 2016 e já prepara uma nova edição, atualizada e com novos dados. O diretor executivo da ACR, Mauro Murara Junior, e o diretor de relações institucionais, José Sawinski Junior, representaram a associação catarinense no encontro.
De acordo com Sawinski Junior o momento é oportuno para apresentar os excelentes índices da indústria de base florestal e madeireira para a sociedade. “Neste momento crucial para o país, em que as eleições se aproximam, um documento como este mostra quão importante nosso setor é para o Brasil, tanto economicamente, quanto socialmente. Também prova que ainda temos um enorme potencial para ser aproveitado.”
Sawinski Junior reforça que o plano de governo daqueles que pretendem governar a nação a partir de 2019 devem, fundamentalmente, considerar o setor de base florestal na mesma proporção da importância que ele tem, de fato. “E este estudo setorial que a Apre está lançamento é uma ferramenta perfeita para isto. A Apre merece nossos parabéns por esta iniciativa.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.