O presidente da Fundação do Meio Ambiente (Fatma), Alexandre Waltrick Rates, assinou no início do mês o contrato para a elaboração dos planos de manejo dos parques estaduais do Rio Vermelho e da Serra do Tabuleiro, na Grande Florianópolis.

Os editais para escolha das empresas que farão os planos de manejo foram lançados no primeiro semestre de 2016. As equipes da Fatma avaliaram o preço e também a parte técnica. A responsável pela análise do território da Serra do Tabuleiro é a empresa STCP, associada à ACR, que terá 11 meses para concluir o trabalho. O valor a ser pago pela Fatma é de R$ 584 mil. O grupo Engetec, fará o plano de manejo do Parque do Rio Vermelho em um prazo de 13 meses. O valor a ser pago é de R$ 324 mil. “Elaborar esses documentos é tirar efetivamente as unidades de conservação do papel. É legislar sobre o que pode ou não em determinadas áreas do parque”, explica o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick Rates.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.