No último dia 06 (quarta-feira) o diretor executivo Mauro Murara Jr. representou a ACR em um workshop promovido pelo Ministério de Minas e Energia (MME), em Brasília. A série de eventos, denominada “Fontes Energéticas no Âmbito do Planejamento de Longo Prazo”, teve um encontro exclusivo para discutir sobre o uso de biomassa florestal na geração de energia elétrica. A Indústria Brasileira de Árvores (Ibá) apoiou o evento.

De acordo com o diretor executivo da ACR, o Ministério de Minas e Energia vem trabalhando em temas relacionados com a geração de energia que tem a biomassa florestal como matéria-prima. Profissionais de empresas que já utilizam com sucesso a biomassa florestal para fins energéticos participaram do encontro e relataram suas experiências. Acompanharam os debates representantes da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Outro tema discutido foi sobre os títulos verdes (Green bonds). “Existe aporte financeiro, por parte de países da União Europeia, para empresas que fazem mitigação de impactos ambientais, como já acontece com empresas que têm grandes áreas de florestas plantadas no Brasil”, lembrou Murara Jr.

Um dos objetivos do setor florestal é que nos futuros leilões de energia, a biomassa florestal seja separada do gás natural, e assim tenha mais competitividade. “A intensão do setor é que haja um leilão específico para geração de energia em termoelétricas utilizando biomassa florestal”, conclui o diretor executivo da ACR.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.