Está programando para o dia 23 de setembro o Workshop online “A modernização da silvicultura: a tecnologia do futuro sendo aplicada agora”. A organização é da Associação Catarinense de Empresas Florestais e está com uma rica programação. Os conteúdos serão divididos em dois períodos: manhã (9h às 12h10), com o painel de “Atividades no solo”; e tarde (14h às 16h55), com “Planejamento e controle”.

Dentro da programação serão apresentadas soluções para o plantio mecanizado, como os equipamentos oferecidos pela Bracke Forest.

Conversamos com Rafael Ribeiro Soler, representante técnico da fábrica na América do Sul, que nos contou um pouco sobre a empresa e as soluções.

ACR: Conte-nos brevemente a história da Bracke.

Rafael: Desde 1922, a Bracke Forest, fabricante sueca de máquinas e equipamentos florestais, projeta suas máquinas de forma a garantir que a preservação do solo e do meio ambiente seja sempre levada em máxima consideração, sem baixar os padrões de eficiência técnica e econômica das operações de silvicultura. Em 1991 lançou sua primeira plantadora mecanizada, a Bracke Planter, e desde 2013 pertence ao grupo Fassi and Cranab.

ACR: Quais as soluções que a Bracke oferece para o plantio automatizado de florestas?

Rafael: Bem, a única plantadora automatizada no mundo consiste na D61 EM Planter, que é uma máquina elaborada por três empresas: Komatsu, máquina base; Bracke Forest, cabeçotes plantadores; e Hexagon, sistema de georreferenciamento. Nossos outros equipamentos para o plantio mecanizado são os modelos P11 e P12. Estes equipamentos são acoplados em escavadoras hidráulicas, podendo realizar diversas atividades com um só equipamento, sendo o preparo de solo, o plantio, a irrigação com água ou hidrogel, e a adubação por covetas laterais, ou aplicação de adubo de liberação lenta. Em breve, lançaremos a nova versão da linha P12, sendo um equipamento mais robusto e adaptado às realidades das florestas brasileiras.

ACR: Como a Bracke enxerga o setor de base florestal em Santa Catarina?

Acreditamos ser um mercado muito promissor, devido à forte identidade florestal do estado e, também, por parte das empresas deste setor. As condições de relevo se assemelham às encontradas na região de Minas Gerais, onde temos trabalhado no desenvolvimento deste novo modelo de equipamento de plantio mecanizado, a P12.b. Além disso, as espécies florestais utilizadas, como o eucalipto e o pinus, já vêm sendo plantadas por nossos equipamentos em diversas partes do mundo, como aqui no Brasil, Chile, Suécia, Indonésia, entre outros países.

As inscrições já estão abertas em: http://acr.org.br/cursos. Profissionais de empresas associadas à ACR e outras associações de base florestal têm desconto na inscrição. As vagas são limitadas. Mais informações com Bruno Ferreira, pelo email: bruno@acr.org.br ou WhatsApp: (49) 9156-0675.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.