Alguns índices apresentados na semana passada reforçaram a importância do setor madeireiro para Santa Catarina. Durante reunião da Câmara de Desenvolvimento da Indústria Florestal da FIESC (CADIF), foi apresentado um balaço que comprova a relevância das florestas plantadas e da cadeira produtiva da madeira para a economia catarinense. Para o setor de madeireiro, entre janeiro e junho, houve 1.346 contratações. Com relação ao comércio exterior, o total exportado entre janeiro e junho deste ano, foi de US$ 555 milhões, e o total importado foi de US$ 39 milhões, o que resultou num superávit comercial de US$ 515 milhões.

CADIF e ACR estão elaborando proposta de agenda positiva para a Frente Parlamentar e Fórum Parlamentar da Madeira. Entre as ações está a elaboração de um a plano de comunicação a ser colocado em prática junto com a Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.