Começou ontem em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, o 4º Congresso Internacional de Biomassa e a 4ª Expo Biomassa. O encontro reúne especialistas no assunto e diversas empresas que atuam no segmento.

Segundo Tiago Fraga, diretor do Grupo FRG Mídia e Eventos, que organiza e realiza os eventos, houve um crescimento muito grande nos últimos anos. “É um tradicional evento na América do Sul. Crescemos em todos os sentidos, tanto em área de exposição quanto em números de inscritos e palestrantes. Estamos trabalhando com três auditórios com quase mil congressistas reunidos. Serão mais de uma centena de apresentações”, afirma ele.

Um dos pontos positivos, segundo Fraga, é a reunião de diferentes esferas em torno do mesmo tema. “Tivemos representantes do governo do Paraná e do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) e representantes da esfera legislativa. O evento cumpre o papel, que é unir a iniciativa privada e movimentar os principais atores das políticas públicas.”

O presidente da Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR), Alex Wellington dos Santos, esteve visitando a Expo Biomassa e assistiu parte da programação do congresso nesta quarta-feira (26). Segundo ele, a biomassa era considerada um grande problema para o setor no passado. “Tínhamos a biomassa que ficava na floresta e a biomassa que resultava do processo industrial. Havia dificuldades para o descarte deste material. Hoje, com a tecnologia e as inovações que acontecem nesse segmento, a biomassa se tornou uma alternativa para geração de energia dentro do próprio parque industrial”, explica ele. De acordo com o presidente da ACR, o evento corrobora para a reciclagem de ideias que oportunizam um consumo apropriado de biomassa. “Há um grande caminho ainda pela frente, que passa por políticas públicas e linhas de financiamento para plantas de biomassa. Mas esperamos que seja um caminho curto e que o segmento se desenvolva cada vez mais.”

Nesta quinta-feira (27), terceiro e último dia do congresso, o diretor executivo da ACR, Mauro Murara Jr. fará uma apresentação dentro do painel sobre biomassa florestal. Murara irá apresentar o “Panorama florestal catarinense”.

Expo Biomassa
A feira dedicada ao setor de biomassa e energias renováveis reúne aproximadamente 50 expositores, de cinco países. De acordo com Fraga houve um crescimento de cerca de 20% em relação à área da edição anterior. “Temos soluções e novas tecnologias, máquinas e equipamentos em demonstração. Os visitantes têm acesso a empresas e fornecedores que representam a cadeia produtiva do setor da biomassa no Brasil”, conclui ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.