A associada ArborGen, líder em desenvolvimento genético florestal de Pinus e Eucalyptus, deve anunciar nos próximos dias novidades referentes à qualidade da madeira oriunda de seus materiais já disponíveis no mercado. De acordo com o representante da empresa, Carlos de França, trata-se de um trabalho preliminar, em parceria com a Universidade da Carolina do Norte (EUA), de análise detalhada da densidade e tensão da madeira em clones de Pinus taeda, comercializados pela ArborGen.
“Estamos realizando os estudos e percebemos um resultado inicial muito positivo. Assim que concretizarmos este trabalho, os dados obtidos serão anunciados”, comemora França.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.