Pela primeira vez será feita uma revisão completa dos padrões FSC para manejo de plantações florestais e de florestas nativas na Amazônia. Todos os interessados no FSC, no manejo florestal responsável e em temas como legalidade, direitos dos trabalhadores, relações com as comunidades, valores e impactos ambientais, biodiversidade, paisagens florestais intactas, altos valores de conservação, planejamento, monitoramento e avaliação do manejo, entre outros, estão convidados a participar do Fórum Consultivo, que irá apoiar o Comitê de Desenvolvimento de Padrões (CDP) e o Comitê de Especialistas Técnicos (CTE).

O processo teve início formal em junho, quando aconteceu a primeira reunião conjunta dos Grupos de Trabalho de Plantações e de Nativas. O Fórum Consultivo, aberto para inscrições recentemente, tem papel fundamental para assegurar que as partes afetadas e interessadas tenham oportunidade de participar do desenvolvimento desses padrões. Ainda em 2015 e também em 2016, serão realizadas oficinas, de norte a sul do País, para discutir temas relevantes, além das consultas públicas à distância e presenciais. Caberá ao Comitê discutir e indicar as adequações necessárias à realidade brasileira, projetar os impactos possíveis e manter a coerência do padrão em sua totalidade. No início do ano que vem estão previstas as audiências públicas para a discussão da primeira versão proposta e a aprovação final fica por conta do FSC Internacional.

A criação de padrões brasileiros, através da definição de indicadores, facilita e homogeneíza a atuação das certificadoras na aplicação de Princípios e Critérios válidos para todo o mundo. Tanto o novo padrão de plantações quanto o novo padrão de florestas nativas na Amazônia terão indicadores específicos para pequenos produtores e comunidades, em linha com o atual padrão SLIMF (Small and Low Intensity Managed Forests).

A certificação florestal reconhece, através da sua logomarca, produtos originados do bom manejo florestal, isto é, ecologicamente adequado, socialmente justo e economicamente viável. O selo FSC é uma ferramenta de gestão florestal, que tem por objetivo ajudar os consumidores nas decisões de compra. Em suma, ele oferece uma ligação confiável entre a produção e o consumo responsáveis de produtos florestais, permitindo que consumidores e empresas tomem decisões em prol das pessoas e do ambiente.

Para fazer parte desta importante construção, basta enviar um e-mail para info@fsc.org.br, com o assunto “Eu quero participar do Fórum Consultivo”, informando nome completo, telefone, endereço, organização em que atua (se houver) e de qual Grupo de Trabalho (GT) quer participar – Plantações ou Amazônia.

Com informações de Camila Carvas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.