Cerca de 20 profissionais participaram, no dia 18, da 2a reunião técnica promovida pela Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR), em 2018.
O engenheiro florestal e de segurança, Giovani Lazzarotti, apresentou números que compõem seu trabalho de dissertação de mestrado, com dados de acidentes de trabalho, focados na área de colheita florestal. Ele fez um panorama do setor em Santa Catarina e comparou com outros setores. De acordo com Lazzarotti, o setor florestal teve uma relativa melhoria nos últimos tempos em relação a segurança laboral e ergonomia, com a contribuição de novos equipamentos.
O encontro contou com a apresentação de duas empresas. A primeira, multinacional de implementos florestais, mostrou perspectivas de ampliação para negócios no Brasil.A segunda, tratou sobre produtos de área hidráulica, mangueiras, conexões, a da intenção em promover um curso na área hidráulica, envolvendo equipamentos de colheita florestal.
O diretor executivo da ACR, Mauro Murara Jr. também apresentou ações que a associação esta tomando sobre questões fitossanitárias para a madeira catarinense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.